terça-feira, 27 de março de 2012

Gatinho novo na área? Saiba como apresentá-lo para outro gatinho!!

Jaya e Ganesha
Adotou um gatinho novo e não sabe como apresentá-lo para o gatinho velho?
 
Muitos proprietários querem ter outro felino em casa, mas por medo ou por inexperiência acabam agindo de forma errada na hora da apresentação e aí os peludinhos não conseguem se adaptar juntos, causando um enorme problema em casa.
 
Tenha sempre em mente que, a apresentação do novo membro da familia precisa ser a mais positiva e tranquila para todos (gato novo, gato velho e dono).
 
Apesar da maioria dos felinos serem solitários, eles se adaptam muito facilmente com um novo amigo. Mas isso depende muito da forma como ele será apresentado.
 
Assim que o peludo novo chegar na nova casa, não o solte pela casa logo de cara. Crie um espaço para que ele fique e conheça tudo aos poucos. Esse espaço pode ser o banheiro ou um quartinho.
 
Nesse espaço você colocará os itens básicos que um gatinho precisa: comida e água, caixa de areia, caminha, alguns brinquedos e um arranhador.
 
Deixe-o pelo menos alguns dias ou semanas nesse lugar e passe a apresentá-lo para o gato mais velho aos poucos, ou seja, você pode colocar o gatinho novo em uma caixa de transporte e deixar com que o gatinho velho o veja e sinta seu cheiro. Assim, você começará a entender melhor as caracteristicas de cada animal e aí conseguirá dar os próximos passos para a introdução final.
 
Outra dica importante é sempre alternar as caminhas. Pegue a caminha do gato novo e deixe com o gato velho e pegue a caminha do gato velho e deixe com o mais novo. Com isso eles começarão a sentir mais a presença um do outro e o cheiro começara a não ser mais uma novidade, pois eles se acostumarão a isso.
 
Após isso, procure deixar o gato velho ter mais contato visual com o novo e sempre faça brincadeiras e associe a presença um do outro com coisas legais, como carinho, brincadeiras, ganho de petiscos e etc.
 
Safira e Lisa
Com isso, eles associarão a presença um do outro com momentos legais.
 
Aos poucos vá liberando o gato novo para o restante da casa e sempre fique alerta conforme eles forem se conhecendo melhor.
 
Deixe sempre esconderijos e lugares altos que os peludinhos possam subir ou se esconder, se por algum motivo eles se sentirem ameaçados ou com vontade de se observarem mais. isso é muito importante para eles e pode criar um ambiente agradável para todos.
 
Nunca force nenhuma situação, faça tudo naturalmente e sem forçamentos. Caso eles comecem a se desafiar muito, repita todo o exercicio desde o principio, ou seja, comece tudo do zero.
 
Isso pode demorar alguns dias ou até semanas. Mas o importante é não ter pressa. Se mantenha sempre calmo e confiante para não passar nervosismo e insegurança aos seus peludos.
 
É muito normal que nas primeiras vezes os gatos rosnem um para o outro, ou se desafiem. Nessa hora fique calmo!! Caso eles briguem, afaste-os com água fria, ou bata palma bem forte para assusta-los e em seguida tire o gatinho novo do local. 
 
Se fizermos tudo com calma e paciência, eles se darão bem rapidinho ou pelo menos viverão sem conflitos em casa.
  
Caso não consiga fazer a aproximação corretamente, entre em contato conosco.
thiago@equilibrioem4patas.com

quarta-feira, 21 de março de 2012

Precisando de ajuda com seu animal de estimação?

Anda tendo dificuldades para lidar com seu bicho de estimação?
 
Não consegue socializá-lo, treiná-lo ou adestrá-lo?
 
Seu filhote anda te deixando com os cabelos em pé e você não sabe mais o que fazer?
 
Ele te arrasta na hora do passeio?

Quer enriquecer o ambiente para seu cão ou gato, mas não sabe como?
 
As dicas encontradas parecem não suritr efeito com ele?

Já tentou de tudo e nada parece dar certo?

Se você respondeu sim para uma dessas perguntas, entre em contato e peça uma consulta comportamental!!!

quarta-feira, 14 de março de 2012

Você escova seu cão ou gato diariamente?

Lisa
Poucas pessoas se dão conta disso, mas o fato de escovar o pelo de seu cão ou gato pode evitar algumas doenças e ainda melhorar o seu relacionamento com ele. 

Além disso, a escovação pode proporcionar momentos de relaxamento para seu peludo e até diminuir muitos sintomas comportamentais como o estresse por conta do peludo ficar muito tempo sozinho por exemplo.  

A escovação além de ser extremamente importante no ponto de vista de saúde, serve também de massagem, pois muitos peludos acabam relaxando nessa hora, o que auxilia muito no controle emocional de seu cão ou gato e ainda ajuda bastante no relacionamento entre você e seu peludo, já que existe um contato direto entre ambos e a troca de energia nesse momento precisa ser a mais tranquila e positiva possivel. 

Se você tem um cão ou um gato de pelo longo é importante escova-lo todos os dias, pelo menos de 15 a 20 minutos, com uma rasqueadeira de metal.  

Caso você tenha um cão ou gato de pelo curto, uma rasqueadeira de borracha é o ideal e ele pode ser escovado pelo menos duas vezes por semana por uns 15 minutos. 

Se seu bichinho nunca tenha sido escovado, procure apresentar a rasqueadeira a ele da forma mais tranquila e positiva possivel, ou seja, não passe o objeto nele sem que seu peludo tenha a examinado antes. O melhor a fazer é associar o objeto a coisas boas, como carinho e brincadeiras. Conforme ele for relaxando você pode ir passando a rasqueadeira delicadamente no dorso (nas costas) dele por exemplo.  

Tenha sempre em mente que, a escovação pode proporcionar relaxamento para ambos e com certeza irá melhorar e muito sua relação com seu melhor amigo. 

Caso seu cão ou gato não aceite a escovação, tem medo da rasqueadeira ou até mesmo você precise de aulas para uma melhor relação com seu peludo, entre em contato:thiago@equilibrioem4patas.com

segunda-feira, 12 de março de 2012

Anda levando seu peludo para passear?


Muitas pessoas sabem da importância do passeio para os cães, mas poucas realmente o fazem corretamente.

O passeio não é somente para que o peludo faça suas necessidades na rua por exemplo, mas é principalmente para que ele gaste energia e interaja com outros animais, pessoas, objetos e situações diversas.

Se possivel, os cães devem passear pelo menos de 30 a 40 minutos  todos os dias, pois é nesse momento que gastará toda a energia e tensão acumulada por ter ficado preso dentro de casa ou quintal.

Não se esqueça que, cães que passeiam com frequência tendem a ser mais sociáveis, latem menos, são mais tranquilos, confiantes, menos ansiosos e medrosos, além de terem uma vida mais saudavel, fazendo com que eles trabalhem não somente a parte física como também a parte mental.

Caso tenha dificuldades para passear com seu melhor amigo ou não tem tempo para isso, entre em contato e peça o serviço de dog walker educacional.

quarta-feira, 7 de março de 2012

Festa de adoção no CCZ SP!!

Dia 17/03, sábado, das 10:00 as 16:00 horas será mais uma oportunidade de você adotar um novo amigo e ainda ter a chance de poder ajudar os animais que se encontram abrigados no CCZ de SP.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Animação divertida!!

Essa animação do Simons Cat consegue reproduzir exatamente as artimanhas dos peludos felinos.

Quem tem um gatinho de estimação, após ver o video, me diga se não é muito parecido!!



video

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...